O Penúltimo Capítulo - Clarice Pessato

A resenha literária de hoje é bem especial, é de uma autora parceira do blog, a Clarice Pessato. Ainda lembro do dia que o correios deixou o livro aqui em casa, eu fiquei extremamente feliz e ansiosa para ler o meu primeiro livro de uma parceria.

Sobre o livro: Ao referir-se a capítulos, a autora faz uma alegoria como se a vida fosse um livro esperando um último capítulo com final feliz, Clarice, uma jovem de 18 anos, ativa e cheia sonhos, vê sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica. 
Ela conta a história da luta contra a tetraplegia e a discriminação e que, pela fé, venceu o sofrimento e a falta de respostas, recebendo a capacidade para superá-los. Também mostra como Deus pode usar até mesmo as experiências mais dolorosas de nossa vida a fim de levar-nos para mais perto dEle e executar seus propósitos em nós e através de nós.
Por causa da superação, muitas pessoas sugeriram que escrevesse um livro sobre minha vida. Eu tentei escrever esse livro mais de uma vez, mas não consegui. Eu queria um último capítulo com final feliz, segundo o meu conceito humano, e isso impediu que este livro fosse divulgado antes. Para mim um último capítulo com final feliz seria voltar a caminhar.    Existia a discriminação e o preconceito dentro de mim. Eu considerava a aparência mais importante do que a essência. O meu coração precisava ser mudado, precisava ser curado. Então Deus me deu essa cura e somente quando isso aconteceu eu consegui concluir o livro que hoje estou apresentando. O título do meu livro O Penúltimo Capítulo surge quando eu entendi que o último capítulo da nossa história não é escrito por nós. A nossa história não acaba no ponto final de um livro.


O Penúltimo Capítulo, retrata uma parte da vida da autora, que aos 18 anos sofreu um grave acidente que fez sua vida mudar completamente. Ela era passageira de um carro que foi atingido em uma colisão envolvendo mais 3 veículos. O motorista alcoolizado do caminhão que provocou o acidente faleceu e ela, foi a vítima com a situação mais grave. Após dias na UTI, ficou tetraplégica.

Clarice descreve sua luta pela vida, a esperança da recuperação física, espiritual. e tudo o que envolve sua família e amigos. No livro a autora fala de Deus e de como os planos dele muitas vezes são difíceis de serem compreendidos por nós, e que precisamos esperar, porque se não deu certo agora, é porque Ele está preparando algo melhor para nós.

Apesar de o livro contar um acontecimento triste na vida da autora, ele não é bem sobre tristeza, e sim sobre superação e esperança. Sobre encontrar um novo sentido na vida nos momentos mais difíceis, e nunca perder a fé em dias melhores.

Sobre a edição gráfica do livro, achei simples e linda essa capa com a borboleta, também há borboletas no início de cada capítulo e na diagramação está tudo ótimo. Eu super recomendo essa leitura, e agradeço à autora Clarice Pessato por me enviar um exemplar seu para que eu pudesse conhecer um pouco de sua história. Abaixo coloquei duas frases marcantes para mim. 

Mas somente quando o que eu confiava se desfez foi que meus olhos foram abertos para o que eu pudesse ver o que é eterno.

Nossa história não acaba no ponto final de um livro, e o final feliz é muito mais profundo que, "... E foram felizes para sempre". Entender que da tristeza podemos tirar alegria, que as perdas podem se tornar ganhos e que a derrota pode se transformar em vitória, é um trabalho que só um Deus de amor pode fazer.


Encontre a Clarice Pessato nos links abaixo:
Facebook: aqui
Blog: aqui


E aí pessoal, espero que tenham gostado da resenha. Quem vai ler? 
Beijinhos!

Para me acompanhar nas redes sociais é só clicar:
Facebook ❤ Instagram ❤ Twitter ❤ Flickr ❤ Skoob ❤ Goodreads ❤ Bloglovin

TAG: Perguntas Literárias


Olá pessoal, faz tempo que não respondo tags aqui e hoje eu trouxe mais uma. Essa, quem me marcou foi a Natasha do blog Um Novo Roteiro. Eu pensei em responder com fotos, mas achei que o post ia ficar muito grande. Então, vamos as perguntas? :)

1- A capa mais bonita da sua estante.

Eu escolhi duas, "Dama da Meia Noite" que e acho muito linda e "Um Dia", apesar de eu não gostar muito de capas de filme mas essa do Dex e da Emma é linda <3

2 - Se pudesse trazer um personagem da ficção para a realidade, qual seria?

Só pode ser um? rsrs, foi difícil escolher entre o Jace e o Will, mas eu gostaria de trazer o Will Herondale.

3- Se pudesse entrevistar um autor(a), qual seria?

A J.K. Rowling, porque é a minha autora preferida, ever!

4- Um livro que você não leria de novo? Por quê?

Iracema, não gostei da história, achei bastante chato.

5- Uma história confusa?

O livro "Invisível", quando li fiquei confusa do começo até metade do livro porque achava que o livro ia ser sobre uma coisa, e depois acabou sendo outra, rs. Tem resenha dele aqui se quiserem entender melhor o que tô falando.

6- Um casal?

Eu realmente tenho dificuldade em escolher só um, por isso eu escolhi 4. Tessa e Will, Jace e Clary, Eleanor e Park e Emma e Dexter.

7- Dois vilões (pode ser tanto dois vilões que goste, como não goste)

Lord Voldemort que eu amo, e Sebastian Morgnestern que eu não gosto muito...

8- Um personagem que você mataria (ou tiraria do livro)

Não sei, pensei muito e não encontrei nenhum personagem que eu tiraria :/

9- Se pudesse viver em um livro, qual seria?

Harry Potter? Sim, com certeza.

10- Qual o maior e o menor livro da sua estante?

O menor é "O Pequeno Príncipe" e o maior no momento é "Dama da Meia Noite".

Bom, pessoal eu espero que tenham gostado e eu vou marcar a Jheinis do blog Carpe Diem e a Karoline do blog Pequenos Infinitos, e vocês, leitores se quiserem responder também, comenta aí embaixo com o link pra eu ver as respostas de vocês.


Beijinhos!
Para me acompanhar nas redes sociais é só clicar:
Facebook ❤ Instagram ❤ Twitter ❤ Flickr ❤ Skoob ❤ Goodreads ❤ Bloglovin

Hope for a Better Day


Sabe aqueles dias que você acorda sem inspiração, com vontade de desistir dos projetos que você participa? Bem, eu estava vivendo dias assim.

Quem me acompanha aqui no blog percebeu que dei uma sumida, parei de postar aqui, na página do Facebook e até do meu instagram que é a rede social que mais gosto. O motivo? no começo do mês passado fiquei sem computador, depois sem internet e isso juntou com as aulas, trabalhos e provas do curso que faço e agora com o estágio. Isso tudo acabou me deixando com pouco tempo pro blog e pros projetos que participo, fora o cansaço que agora me acompanha todos os dias.

Fiquei totalmente sem inspiração e motivação, pensei até em desistir do blog por isso. Tinha dias que eu até planejei o que postar na semana, mas acabava "deixando pra amanhã" e esquecendo, teve dias que tudo o que eu fazia não me agradava e eu ficava muito triste com isso. 

Por outro lado, esse tempo "ruim" me fez pensar bastante no que quero pra mim, e me fez lembrar do porque eu criei o blog. Eu queria um lugarzinho meu, em que eu pudesse falar e mostrar tudo o que gosto e poder compartilhar coisas boas e conhecer pessoas legais que também gostam do que eu gosto. E eu tenho isso aqui.

Bem, esse post era pra explicar o meu sumiço pra vocês que me acompanham, eu queria agradecer também por continuarem visitando, comentando e não me abandonarem gente, amo vocês 💜. Eu ainda estou sem pc, mas mesmo assim vou tentar postar aqui com mais frequência, já tenho uns posts programados e estou me sentindo bastante inspirada yaaay :) 



Obrigada pelo carinho gente!
Para me acompanhar nas redes sociais é só clicar:
Facebook ❤ Instagram ❤ Twitter ❤ Flickr ❤ Skoob ❤ Goodreads ❤ Bloglovin