Invisível - David levithan e Andrea Cremer


Stephen é um adolescente que tem certeza de duas coisas: A primeira, é do amor que sua mãe tinha por ele, e a segunda, ele é invisível para todos. Ele vive solitário, recluso em seu mundo até a chegada de sua nova vizinha, Elizabeth, que fala com ele e para a sua surpresa, ela consegue enxergá-lo.

Ao contrário de Stephen que deseja ser visto por todos, Elizabeth quer apenas passar despercebida depois de sofrer com a rejeição dos seus"amigos" e problemas envolvendo o seu irmão.


Confesso que quando iniciei a leitura pensei que o livro se tratasse de um garoto rejeitado, sem amigos e etc, que fosse uma metáfora. Fiquei confusa em alguns momentos até que depois a história toma um rumo diferente da realidade, nos levando para a fantasia e aí percebi que se tratava de invisibilidade, literalmente.

Invisível nos envolve em um mundo cheio de maldições e encantamentos, com personagens cheios de emoções. Em vários momentos, nos faz imaginar como é, para Stephen, ter uma vida invisível para todos.

O melhor de Invisível, é o amor que os personagens tem um pelo outro. É o amor quem impulsiona a busca por respostas e a solução para a invisibilidade do Stephen e tudo o mais que envolve eles. Eu fui tomada por essas emoções, sofri com os personagens, e torci para que desse certo o que eles buscavam.


Sofie <3
O livro foi escrito pelo David Levithan e pela Andrea Cremer, cada capítulo foi narrado, alternadamente, pelo ponto de vista do Stephen e da Elizabeth, e eu gostei que foi assim. As páginas são amareladas, e a diagramação (margem, fonte, espaçamento) tudo ok, e a capa é linda!




E aí, quem já leu Invisível? Me conta o que achou :)
Beijinhos!


Quem quiser me acompanhar nas outras redes sociais é só clicar:
Facebook ❤ Instagram ❤ Twitter ❤ Flickr ❤ Skoob  Goodreads

2 comentários:

Os comentários são liberados depois que eu leio. ♥