A Menina Que Roubava Livros - Markus Suzak


"Quando a morte conta uma história, você tem que parar para ouvi-la."

A Menina que roubava livros, é uma história narrada por nada mais nada menos que a morte. Tudo se passa na Alemanha, no período nazista. Ela nos fala sobre uma humana em especial que chamou sua atenção, a qual ela chama de "A Roubadora de Livros", Liesel Meminger, uma menina de quase 10 anos que à caminho de um lar de adoção encontra seu irmão, que viajava ao seu lado, morto. No meio do caminho, ela e sua mãe param no cemitério para o enterro de seu irmão, e é aí que a menina faz o seu primeiro roubo intitulado de "O Manual do Coveiro", o livro que um dos coveiros deixa cair na neve. Em choque, e sem entender a morte de seu irmão sem motivo aparente, Liesel que ainda não sabe ler, pega o livro do chão e o leva.

Ao chegar no novo lar, Liesel conhece sua nova mãe, Rosa Hubermann, uma mulher rabugenta e rigorosa e seu novo pai adotivo, Hans Hubermann, um homem muito amoroso  que passa a ensiná-la a ler e escrever, começando com a leitura de "O Manual do Coveiro". No decorrer da história, Liesel faz amizades marcantes, como a do Rudy, seu melhor amigo, o garoto magrinho dos cabelos cor de limão e passa a se aventurar sentindo a emoção de roubar os livros, os quais ela considera tesouros.



"Está aí uma coisa que nunca saberei nem compreenderei - do que os humanos são capazes." 

É impossível eu falar mais sobre esse livro sem contar spoilers, e por isso paro por aqui, não vou me arriscar. Mas gostaria de dizer que a história é emocionante e eu recomendo à todos. Eu o li pela primeira vez em 2008, e desde então ele segue no topo da lista dos meus livros preferidos. A narrativa é marcante, ele mostra um pouco do caos que foi o nazismo. A morte narra os personagens com uma sensibilidade que nos toca, eu me apeguei a todos eles. Me emocionei, e me emocionei muito com esse livro.

O livro foi lançado aqui no Brasil pela Editora Intrínseca e tem sua parte gráfica linda. A diagramação está perfeita e ainda possui várias ilustrações compondo o trabalho do autor, Markus Suzak. É um livro maravilhoso, e eu nem tenho palavras para descrever o quanto ele me marcou.


ISBN: 8598078379 |Editora: Intrínseca |Páginas: 480


Quem aí já leu? Conta aí nos comentários o que achou!
Beijinhos :)

Quem quiser me acompanhar nas outras redes sociais é só clicar:
Facebook ❤ Instagram ❤ Twitter ❤ Flickr ❤ Skoob ❤ Goodreads



4 comentários:

  1. Esse livro é incrível mesmo! Minha irmã leu ele primeiro, e depois de tanto ela me contar dele, eu li. Me emocionei do início ao fim. Tanto no livro, quanto no filme!
    Quando fui fazer a resenha dele, fiquei super receosa também!

    Abraços.
    http://cantinhodaescritablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que você também gostou, Lídia! Eu também me emocionei com o filme, foi bem fiel ao livro <3

      Excluir
  2. AMo seus estilos de fotografia dos livros! Obs: É a Talita :)

    ResponderExcluir

Os comentários são liberados depois que eu leio. ♥